domingo, 17 de janeiro de 2010

O Jogador de Futebol




















Tu! Que calas as torcidas adversárias
Tu! Acende tua torcida
com tua garra, com tua força
com teus gols
Desliza nos gramados verdejantes
num ballet magistral


E neste teu mundo
de pequenos momentos
De vaias e de glórias
De títulos e derrotas
Tu! Vives intensamente
cada gota de segundo
cada estourada com o adversário
cada gol
Tu! Morre e renasce tantas vezes numa partida


Milhões te acompanham
no teu drible
Drible de deus, drible imortal
Seguidores da tua magia
olham boquiabertos
te imortalizando em seus cérebros
Bocas anciãos, bocas infantis
gritam teu nome
e lágrimas correm em seus olhos
como sinal de agradecimento.


Henrique Rodrigues Soares
Homenagem a Pelé o maior futebolista de todos os tempos

2 comentários:

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

"Tu! Vives intensamente
cada gota de segundo"
Henrique, cada partida é mesmo uma epopeia, quando disputada por 'o jogador de futebol', muito mais ainda se por Pelé.
Belo poema, poeta.
Quando puder, visite o CANTO GERAL, blog onde cultivo uns versos em homenagem ao Pelé e Garrincha (vide "FUTEGRAFIA"), e outros artistas de variados ofícios. O post mais recente é pro Romário...

Abraços,
Pedro Ramúcio.

RÁDIO LINK disse...

Muito legal!