segunda-feira, 12 de julho de 2010

O sentimento não pode parar...














Navegar foi preciso...
por mares estranhos e desconhecidos
Ser mais humilde do que o permitido


Dias e dias de agonia
até ver a alegria
de quem retorna a supremacia


Retornou ao teu lugar
O Gigante da Colina
Teu povo chora a festejar
beijando a camisa cruzmaltina


A tragédia de um ano
A glória de cem anos
Fazem parte da tua Memória


Milhões e milhões te alimentando
Com bandeiras e cantos
Estes sim! Tua História.


Henrique Rodrigues Soares
Aos milhões de vascaínos de todo Brasil.

Um comentário:

REGGINA MOON disse...

Henrique,

Como em tudo em nossa vida...sempre devemos continuar, com alegrias e tristezas, vencendo e sendo derrotados...assim se faz a vida!!

Lindo soneto!!!

Grande beijo e ótima semana!!!

Reggina Moon